Você sabe o que é Glaucoma?

Apesar de estarmos enfrentando a pandemia provocada pelo Coronavírus, os cuidados com a saúde, inclusive a ocular, não podem ser deixados de lado. Por falar nisso, você sabia que, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o glaucoma é a principal causa de cegueira irreversível do mundo?

Considerando a sua gravidade, hoje traremos mais detalhes sobre este problema de saúde.

O que provoca o Glaucoma?
Já é consenso que, o glaucoma é uma doença ocular causada pela elevação da pressão intraocular. Dessa forma, este processo, se não descoberto e tratado a tempo, infelizmente e como consequência, pode acabar lesionando o nervo ótico podendo haver algum comprometimento visual.

Assim, o que pouca gente sabe é que existem vários tipos de glaucomas. O crônico simples, por exemplo, representa aproximadamente 80% dos casos e pode ocorrer com mais frequência em pessoas acima dos 40 anos de idade, podendo ser inclusive, assintomático.

Além deste, algumas pessoas também são acometidas pelo glaucoma de ângulo fechado. Ao contrário do primeiro que geralmente é assintomático, neste caso, esse tipo de glaucoma costuma ser caracterizado pelo aumento súbito da pressão intraocular, podendo ocasionar dores oculares e até enjoos.

Outros dois tipos de glaucomas possíveis são os congênitos, comuns em recém-nascidos, e os secundários, em decorrência de doenças como diabetes, catarata, etc.

Quais são os sintomas do Glaucoma?
Como já citado, com exceção do glaucoma de ângulo fechado, este problema não costuma provocar muitos sintomas, e quando ocorrem são um tanto quanto inespecíficos. Porém, ainda assim, podemos citar alguns como: visão embaçada, perda da visão lateral, aparecimento de halos ou arco-íris ao redor das luzes, dores de cabeça e, em casos raros, dor ocular intensa.

O Glaucoma tem cura?
Infelizmente, o glaucoma não tem cura. Entretanto, na grande maioria dos casos, mediante o usos de colírios especiais e até de cirurgias, a doença pode ser controlada de modo extremamente satisfatório. Para tanto, é imprescindível que o diagnóstico seja realizado precocemente.

Sabendo disso, se você tem mais de 40 anos, conhece casos na família ou possui alguma das doenças de riscos citadas acima, é importante que faça acompanhamento período com um médico oftalmologista.

Não tem plano de saúde? Podemos de ajudar!Em alguns casos, o glaucoma costuma ter origem genética, por isso se você tem casos na família é muito importante haver um monitoramento frequente junto a um médico. Mas, o que fazer se você não conta com todos os benefícios e ótimos profissionais disponibilizados por convênios médicos?

Se este realmente for o seu caso, podemos te ajudar! Para isso, se desejar, é só entrar em contato com nossa equipe de atendimento e lhe apresentaremos ótimas opções de planos de saúde. Com toda a certeza, conseguiremos atender as suas necessidades lhe indicando uma ótima opção.

Assim, não deixe de nos acionar pelo 0800 111 5000 ou ainda, se preferir, é só nos chamar pelo whatsapp, clicando no ícone logo à sua direita!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *