Devido a alta procura por um plano dental com cobertura para implantes, decidimos criar um artigo para ajudar você a entender um pouco mais sobre como funciona o implante dentário, suas vantagens, desvantagens, e quem pode ou não passar por esse tipo de procedimento, e também diversas opções que servem como alternativas ao tratamento.

A primeira coisa que precisamos esclarecer é que o plano dental que cobre implantes apresentado no nosso site é voltado exclusivamente para pessoa jurídica, ou seja, só pode ser contratado por empresas (no caso do Amil Dental P7000, por empresas com 10 ou mais vidas).

Existem diversos outros planos que garantem tratamentos voltados a reposição dentária (como iremos apresentar mais adiante), mas antes vamos explicar um pouco sobre como funciona esse tipo de tratamento, e ajudar você a descobrir se é realmente o tipo de procedimento que irá suprir a sua necessidade.

O que são os implantes dentários?

Os implantes dentários são dispositivos feitos em titânio que servem para substituir a raiz do dente e dar suporte a uma prótese, no lugar de um dente natural. A perda do dente natural pode ser ocasionada por diversos motivos, como cáries dentárias, traumatismos nos dentes, doenças gengivais, entre outros.

Para que serve o implante dentário?

Esse tipo de tratamento é o mais moderno e avançado para a substituição dos dentes perdidos, e serve para restituir as funções dos dentes naturais, como por exemplo, a mastigação, estética, fala, e até mesmo a autoestima. Esse tratamento pode ser utilizado tanto para a substituir de um único dente, vários dentes, ou até mesmo a dentadura completa.

Para quem é indicado?

O implante é recomendado em diversas situações como você poderá conferir abaixo:

  • Pessoas que tiveram o(s) dente(s) extraído(s)
  • Pessoas que perderam o(s) dente(s) por diversos motivos (quedas, acidentes de trânsito, etc)
  • Pessoas que nasceram com falta de dentes

Para quem não é indicado?

Não é todo mundo que pode ou precisa passar por esse tipo de tratamento. Vamos apresentar alguns casos onde os implantes dentários são contraindicados:

  • Pessoas com bons hábitos de saúde bucal
  • Crianças e jovens que ainda estejam em formação óssea
  • Pessoas com doenças preexistentes (diabetes, por exemplo)
  • Fumantes

Quais os riscos de fazer um implante dentário?

Existem diversos problemas que podem ocorrer após a cirurgia de implante dentário. Por ser um procedimento cirúrgico, os cuidados têm de ser redobrados! Mesmo com uma taxa de sucesso (acima de 90%), a colocação de implantes dentários tem seus riscos e possíveis complicações.

Confira a seguir alguns dos principais riscos:

Quebra do implante

O primeiro risco que vamos apresentar é a quebra do implante (do dispositivo que fica implantado ao osso – e não a prótese ou coroa). Caso você seja uma pessoa que sofra de bruxismo, ou involuntariamente tem o hábito de “forçar” a mandíbula durante o dia  (por conta de estresse ou ansiedade) terá mais chances de causar a queda do implante. Ao quebrar o implante, é necessário fazer todo o processo de colocação de um novo implante.

Infecções

Assim como em qualquer procedimento cirúrgico, sempre há um risco de infecção. No caso dos implantes dentários, é importante cuidar sempre da sua higienização bucal, fazendo a escovação normalmente, sem esquecer de passar o fio dental entre os dentes. Alguns quadros de infecção ainda podem ocorrer, mesmo com o paciente tomando todos os devidos cuidados, pois uma prótese mal colocada pode favorecer o acúmulo de restos de alimento, dificultando a higienização adequada.

Problemas com a osseointegração (o implante não se funde com o osso)

Outro risco do implante dentário são os problemas com a osseointegração, que nada mais é o processo de integração entre o osso e a superfície de titânio. Pessoas que fumam, ou que tenham alterações sistêmicas ou até mesmo algum problema de metabolismo ósseo são mais propensas a ter problemas com essa integração, o que pode acabar comprometendo todo o tratamento.

Descuido pós-operatório

Por ser um procedimento cirúrgico, é necessário que você cumpra uma série de recomendações que incluem manter repouso, consumir alimentos mais líquidos ou pastosos, e também tomar os medicamentos que forem indicados da maneira correta para evitar sangramentos, problemas na cicatrização e até infecções. É importante seguir todas as recomendações do seu dentista para evitar complicações como as citadas aqui.

Cuidados necessários com o implante dentário

É importante seguir todas as recomendações do seu dentista para evitar complicações como as citadas acima. Entre as principais recomendações, estão:

  • Manter uma boa rotina de higiene bucal (escovação, limpeza com fio dental, etc)
  • Seguir as recomendações na dieta alimentar, principalmente durante os primeiros dias após a colocação do implante
  • Não deixar de fazer suas visitas regulares ao dentista (manutenção do implante dentário)

Ajudamos você a encontrar o melhor tratamento odontológico!

Entre em contato com nossa equipe e descubra as melhores opções de tratamento de acordo com a sua necessidade. Trabalhamos com as principais opções de planos odontológicos do mercado, sem dúvida temos a alternativa perfeita para você colocar o seu sorriso em dia.

Se você não tiver CNPJ, confira as opções abaixo:

Descubra o plano dental ideal para você!

[]
1 Step 1
Por onde deseja receber o retorno?
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
FormCraft - WordPress form builder

Temos o plano Dental perfeito para você, sua família ou empresa!

Trabalhamos com as melhores opções de planos dentais do mercado! Entre em contato e descubra qual a melhor opção de acordo com a sua necessidade!